II Encontro Latino Americano das Casas de Atenção ao Clero e a Vida Consagrada

Aconteceu entre os dias 14 à 18 de agosto de 2017, na cidade Guadalajara – México, o II Encontro Latino Americano das Casas de Atenção ao Clero e a Vida Consagrada. O encontro foi organizado pelo Departamento de Vocações e Ministérios (DEVYM) do CELAM – com o apoio da Casa Alberione – em Guadalajara (México). Estavam reunidos para o Encontro cerca de cinquenta representantes da Igreja latino-americana, entre os participantes tinham psicólogos, psiquiatra, sacerdotes, religiosos, alguns bispos, incluindo dois bispos da comissão episcopal DEVYM: Ignacio Ducasse, arcebispo de Antofagasta (Chile) e Rafael Valdivieso, bispo de Chitré (Panamá). Por parte da CLAR participou seu secretário-geral, a religiosa colombiana Luz Marina Valência.

O Brasil estava representado com 10 participantes: 2 da Comunidade Vida Nova, 2 do Centro de Revitalização Âncora (ambos na cidade de Curitiba), 1 assessor do DEVYM de Belo Horizonte e, nós do ITA, com 5 participantes (Padre Edênio Valle, Maria Mourão, Maruzania Dias, Rosa Silva e Wellington Heleno).

O encontro começou na segunda-feira (14) com a celebração da Eucaristia, em seguida o Pe. Cesar Braga de Paula, secretário executivo do DEVYM, resgatou a memória do I Encontro realizado na cidade de Três Rios (Costa Rica) entre os dias 16 à 22 de agosto de 2009 e depois apresentou aos participantes como seria o esquema de trabalho para o encontro atual: de manhã um momento mais teórico com palestras e a tarde discussão de alguns temas em grupos de trabalhos, além de um dia inteiro reservado para visitar e conhecer o Programa Gênesis, que é um centro de acolhida para sacerdotes e religiosos da Arquidiocese de Guadalajara. O centro recebe sacerdotes e religiosos de diversos países da America Latina com as mais variadas queixas psicológicas, como transtornos de ansiedade, pânico, depressão, drogadição, alcolismo, transtornos afetivos e sexuais, etc. Ao lado do Centro Gênises, nasceu, no mesmo molde, um centro voltado exclusivamente para as consagradas, o Programa Kairós.

O encontro abordou alguns dos principais problemas que afetam a saúde mental dos sacerdotes e religiosos, como o sofrimento psíquico devido ao trabalho intenso, distúrbios afetivos e outras situações, como depressão, desilusão, ansiedade, vícios, que dificultam as relações humanas e, consequentemente, a saúde mental.
Para atender a essas realidades psicossociais e em continuidade com o I Encontro realizado em Tres Ríos (Costa Rica), quando foram trocadas experiências para enfrentar crises e conflitos que ameaçam a vida, integridade e ministério dos consagrados latino-americanos, o Encontro de Guadalajara utilizou como metodologia a transdisciplinaridade das ciências humanas, sociais e da saúde, com o objetivo de fornecer respostas pertinentes nos processos de seleção, acompanhamento e formação inicial e permanente dos sacerdotes e religiosos.

Seguindo essa metodologia, tivemos a participação de vários especialistas internacionais que palestraram no Encontro, oferecendo valiosas contribuições que nos ajudaram a refletir sobre: o lado humano dos consagrados (David Fitzzgerald, Estados Unidos), as chaves para a leitura do mundo globalizado e as novas subjetividades , bem como os sintomas da vida religiosa masculina e feminina (William Castillo, Brasil), prevenção da saúde mental dos sacerdotes (Alicia Zanotti, da Argentina), experiências de trabalho com sacerdotes com base no ministério sacerdotal permanente (Alejandro Brennes, da Costa Rica) e situações de doença psíquica, pedofilia e crime (Celia de Jesús, do México).

A partir da antropologia cristã e do uso da psicologia e da espiritualidade, a Igreja latino-americana pretende ser uma Igreja autocrítica e transparente em relação à sua realidade institucional, lançar um olhar de acolhida e respeito e, não de condenação, para os seus filhos e filhas consagrados que por alguma razão, pessoal e/ou institucional, sofrem emocionalmente necessitando de uma ajuda especializada. Neste sentido, o Encontro valorizou a experiência de abrigos e cuidados terapêuticos e preventivos para o clero e a vida consagrada, incluindo as casas Rougier e Alberione no México; Vida Nova, Ancora e o Instituto Terapêutico Acolher do Brasil; Mariápolis, da Argentina; e a Casa da Espiritualidade Sacerdotal de La Ceja, na Colômbia. No entanto, as conclusões também destacaram o papel insubstituível do bispo/superiores das congregações (instiutição) em todos esses processos de prevenção e reabilitação do clero e das pessoas consagradas. Além disso, percebeu-se a necessiade de criar uma Rede Latino Americana de psicólogos preparados para este tipo de atendimento e casas de acolhidas, pois muitas vezes as diversas dioceses e congregações não sabem onde e como procurar ajuda para os seus membros.

Wellington Heleno

Categorias Notas | Tags: | Publicado em setembro 21, 2017

Redes Sociais: Facebook Twitter Google

Deixe um comentário

close window

Contato & Localização

Horário de Atendimento da Secretaria

De segunda a sexta: das 10h às 16h


Exibir mapa ampliado
Rua Prof. José Cucé, 125
04055-070 - Saúde - São Paulo/SP
Tel: (11)4371-0935 Fax: 4371-0936 - acolher@uol.com.br